Autorrealização profissional: Um sonho possível

“O que uma pessoa poderá ser, deverá ser”. Essa frase de Abraham Maslow resume um dos mais importantes anseios dos seres humanos: expressar ao máximo suas potencialidades." 

Artigos
10 de Novembro
0
comentários

Por Eduardo Ferraz

 

“O que uma pessoa poderá ser, deverá ser”. Essa frase de Abraham Maslow resume um dos mais importantes anseios dos seres humanos: expressar ao máximo suas potencialidades. Consciente ou inconscientemente, preencher essa necessidade é o nosso maior desejo.

Autorrealizar-se é a motivação mais complexa e profunda, pois desperta no indivíduo a vontade de cumprir seu propósito de vida. A natureza da profissão é importantíssima, pois quando essa motivação é preponderante, a pessoa procura utilizar intensamente suas melhores habilidades para trabalhar.

Os músicos devem fazer música, os desenhistas, desenhar, os autores, escrever e os líderes, comandar, se quiserem ficar em paz com eles mesmos. “O que os seres humanos podem ser, devem ser. As pessoas autorrealizadas têm uma consciência clara sobre seus impulsos, seus desejos, suas opiniões e ações como um todo”, disse Maslow.

Entre as características dos indivíduos profissionalmente autorrealizados, podemos citar:

Têm boa percepção da realidade;
Conhecem seu propósito de vida;
São profissionalmente bem resolvidos;
Aceitam críticas sem se abater;
Analisam as consequências de seus atos;
Sentem profunda paz de espírito.

Parece ser uma descrição de gente de outro mundo, mas não é! O processo de autorrealização normalmente é lento, gradativo, exige experimentação constante, demora muitos anos – às vezes décadas – e nunca acaba. Gente “normal” tem algumas dessas características e pode adquirir todas por meio do autoconhecimento e do aperfeiçoamento contínuo. Certamente, a recompensa valerá o esforço.

* Eduardo Ferraz é consultor em Gestão de Pessoas há 25 anos e especialista em treinamentos usando como base a Neurociência comportamental. Acumula mais de 30.000 horas de experiência prática em empresas de vários segmentos.  É pós-graduado em Direção de Empresas e autor dos livros “Por que a gente é do jeito que a gente é?”, “Vencer é ser você” e “Seja a pessoa certa no lugar certo”, pela Editora Gente.

Enviar para um amigo