Trânsito na palma da mão

Trânsito na palma da mão

Aplicativos são uma bela saída para reduzir as despesas corporativas com trânsito de funcionários

Artigos
28 de Junho
0
comentários

Por César Matias

O ano é 2017. A rapidez no desenvolvimento de novas tecnologias chega a ser atordoante em qualquer segmento. Novos dispositivos, softwares e aplicativos surgem o tempo todo, sejam eles voltados ao consumidor final ou a empresas. Um fator que todas essas novas tecnologias possuem em comum é o objetivo de tornar a vida mais fácil. Em qualquer âmbito, a ideia é facilitar, seja você um cidadão que quer ter tudo ali na telinha do celular ou uma empresa, com seus milhares de processos.

Contudo, assim como há cidadãos que preferem uma vida mais analógica, também há empresas que até hoje preferem fazer seus controles em planilhas preenchidas a mão, pilhas de papel, notinhas e vouchers de todos os tipos. Só que, dependendo do tipo de controle necessário, as chances de se ter prejuízo com isso são imensas. Vamos pegar como exemplo o controle de gastos com funcionários em trânsito e pagamentos de reembolso. Quanto maior a empresa, maior é a necessidade de uma gestão dessas despesas. Mas, como garantir economia sem um suporte que confira exatidão a esse controle? Considerando então que há tecnologias simples que ajudam nisso, por que não usá-las? Por que não implementar um sistema que acabe com esse ultrapassado controle baseado em papel?

Pela minha experiência como CTO da Wappa e justamente por estar tão próximo deste tema, vejo esse tipo de coisa acontecer todos os dias. No entanto — e ainda bem! — também vejo casos de empresas que, ao optarem pela implementação de aplicativos de gestão de despesas com funcionários em trânsito, reduziram esses gastos em mais 40%. Em algumas companhias, isso pode significar uma economia de mais de 20 milhões de reais ao ano. Sob outra ótica, elas descobrem que estavam jogando fora 20 milhões de reais ao ano. Sob outra ainda: percebem que poderiam investir 20 milhões de reais por ano no desenvolvimento de novos produtos, serviços e até em planos de expansão.

E as ofertas disponíveis no mercado são muitas, desde as mais simples às mais complexas. É possível encontrar soluções fechadas a outras totalmente customizáveis, que atendam às necessidades da empresa em suas diversas particularidades, e isso no que se refere a funcionalidades, geração de relatórios, definição de perfis. É só procurar. Segundo uma pesquisa recente do Gartner, o mercado global de aplicativos deve bater nos US$77 bilhões em 2017, então, as chances de uma tecnologia existente lhe atender são bem grandes.

Assim, questione-se: será que existe uma aplicação que controle os gastos que tenho com reembolso dos meus colaboradores, que evite que eu precise controlar custos de almoço por notas fiscais? Existe um sistema que gere relatórios que me mostrem em que período do mês eu gasto mais com táxi? Ou um software que simplifique o reembolso por quilômetro rodado? É só fazer as perguntas certas e as respostas surgirão juntamente uma lista de aplicativos que podem fazer sua empresa economizar consideravelmente e que você nem sabia que existiam.


César Matias é formado em Sistemas da Informação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, possui MBA em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Fundação Getúlio Vargas e desde 2005 atua como CTO da Wappa

 

Enviar para um amigo